Projetos

 

RNP Gigabit – Plataforma de Gerenciamento Baseado em Políticas para rede Giga

O objetivo principal do projeto é estudar parâmetros para configuração de uma Rede Ótica (rede Giga), avaliar as funcionalidades e o desempenho de aplicações IP executando sobre tecnologias ópticas, com vistas à melhoria na qualidade dos serviços oferecidos aos usuários. Para atingir esses objetivos, será desenvolvida uma ferramenta de gerenciamento baseado em políticas para redes óticas, dentro da arquitetura GMPLS (Generalized MPLS), visando a integração da camada IP com os dispositivos óticos. Uma infra-estrutura de redes óticas, no qual a rede GIGA é um dos primeiros protótipos no país, possibilitará a transmissão de grande quantidade de dados com custo baixo, ideal para suportar o projeto de inclusão digital no país.

PADTEC – Uso de dispositivos programáveis para comutação em velocidades Gigabit

Os últimos avanços das tecnologias óticas tem propiciado o aumento cada vez maior das velocidades e capacidade da infra-estrutura de comunicação. Atualmente a tecnologia mais promissora para se obter altas taxas de comutação são os comutadores puramente óticos (OXC), que apesar da alta capacidade ainda tem muitas limitações. De qualquer forma, ainda vamos necessitar de comutadores eletrônicos, pelo menos na ligação rede de núcleo com rede de acesso, e todos eles deverão suportar essas taxas. Esse projeto visa realizar um estudo sobre os mecanismos de hardware e software para comutação e tem como meta definir as linhas para se atingir velocidade gigabits, necessárias para as novas redes óticas.

TERACOM – Implementação do protocolo Connectivity Fault Management Protocol (CFM – IEEE 802.1ag) para a linha DmSwitch.

Este projeto visa implementar o protocolo Connectivity Fault Management Protocol (CFM) – IEEE 802.1ag, que permite corrigir as falhas de conectividade dos links na rede e também a seção 8 da norma ITU-T Y.1731 que possibilita a avaliação de performance da conexão.

FUNCAP – Estudo de novas estratégias para gerenciamento de recursos em Redes Autônomas.

Com o uso cada vez maior de redes móveis sem fio torna-se cada vez mais difícil conseguir gerenciar uma rede constituída com esses dispositivos. As redes tradicionais, construídas principalmente por uma estrutura fixa e determinística sempre foram gerenciadas seguindo o paradigma centralizado, o órgão administrador da operadora da rede é responsável por estabelecer a melhor alocação de recursos para atender aos requisitos dos usuários. Esse paradigma torna-se impraticável nas redes móveis atuais devido à imprevisibilidade de distribuição dos dispositivos e disponibilidade de recursos. Em uma rede Ad Hoc, onde cada usuário também é responsável pelo encaminhamento e roteamento das mensagens, o gerenciamento centralizado torna-se impossível. Esse projeto tem como objetivo estudar novas estratégias para distribuição e alocação de recursos em uma rede Ad Hoc de forma a manter a rede funcionando de forma autônoma e mais eficiente possível, isto é, sem a necessidade de uma entidade central de gerenciamento.

HEWLETT PACKARD (HP) – Gerenciamento de Redes Baseado em Políticas


Este projeto foi desenvolvido um framework baseado no modelo de Gerência de Redes Baseada em Políticas proposto pelo IETF/DTMF. A partir deste framework Na arquitetura desenvolvida, foram implementados todos os blocos propostos: PMT, PDP, PEP e PIB e também o modelo de informações baseado na proposta do CIM (Common Information Model). O framework foi aplicado num ambiente de redes WLAN IEEE 802.11b.

HEWLETT PACKARD (HP) – Investigação do protocolo IEEE 802.11 para localização de dispositivos móveis visando QoS e segurança.


Esse projeto visou realizar um estudo aprofundado do protocolo IEEE 802.11 (WLAN) com o objetivo de investigar novos mecanismos que possibilitem uma melhoria na qualidade de serviço (QoS) e segurança. Normalmente, em uma rede sem fio a localização física dos diversos dispositivos não é conhecida. Essa característica é uma grande vantagem para usuários que podem ter acesso as informações de qualquer lugar, porém, para o sistema de gerenciamento essa característica torna difícil a manutenção de parâmetros de qualidade de serviço. Para o gerenciamento de segurança a localização física do dispositivo também é um fator importante para permitir ou bloquear acesso do usuário, por exemplo, bloquear acesso de terminais localizados fora do prédio.

TERACOM -Implementação do protocolo Link Layer Discovery Protocol (LLDP – IEEE 802.1ab) para a linha DmSwitch.

Este projeto visa implementar o protocolo Link Layer Discovery Protocol (LLDP) que permite a descoberta da topologia física das estações adjacentes dentro de uma IEEE 802 LAN. O protocolo facilita a identificação das estações conectadas por IEEE 802 LANs/MANs, seus pontos de interconexão, e pontos de acesso para protocolos da gerência.

PADTECH – Uso de dispositivos programáveis para comutação em velocidades Gigabit

Estudo sobre os mecanismos de hardware e software para comutação e tem como meta definir as linhas para se atingir velocidade gigabits, necessárias para as novas redes óticas. Apesar da capacidade das fibras óticas, o aumento no tráfego IP começa a saturar os procesadores dos comutadores atuais e traz novos desafios para o desenvolvimento de novas arquiteturas para esses equipamentos. Mesmo com o advento de comutação puramente ótica (OXCs), sempre haverá necessidade de comutadores eletrônicos, principalmente nas bordas das redes. Esse projeto tem como objetivo estudar as principais técnicas de software e hardware para realizar comutação de pacotes (relacionadas principalmente às camadas 2 e 3) e mostrar as dificuldades para implementá-las e indicar as mais adequadas para realizar comutação em velocidades gigabit por segundo.

Projeto PRONEX/CNP/FUNCAP do LARCES/UECE Realizado em conjunto com a Universidade Federal do Ceará, Grupo de Física e Ciência da Computação : Estudo e Experimentação do Desempenho de Roteadores Dinâmicos Ópticos (OXC´s) e dos Protocolos de Nova Geração para Redes WDM de Alta Capacidade: Aplicações para a rede Giga.

a
q
A presente proposta de projeto tem como principais objetivos os seguintes itens: 1. Estudar as principais aplicações de sistemas óticos tolerantes a falhas; 2. Estudar a(s) interface(s) do roteador óptico da Rede GIGA; 3. Estudar a(s) interface(s) de comunicação sem fio com sistema gerente; 4. Desenvolver um software que proporcione previsibilidade de falhas no OXC em operação na rede; 5. Testar as previsões do software para o OXC como dispositivo isolado e em operação na rede GIGA; 6. Adquirir conhecimentos das tecnologias de redes óticas e GMPLS e desenvolver novas aplicações de redes de alta velocidades que possam ser utilizadas nas redes acadêmicas e comerciais com necessidade de recursos de qualidade de serviço; 7. Implementar um protótipo de sistema GMPLS com foco no grupo de confiabilidade e QoS. O objetivo é avaliar as funcionalidades, desempenho das tecnologias óticas, com vistas à racionalização do sistema e à melhoria na confiabilidade e QoS oferecida aos usuários; 8. Desenvolvimento de um software para otimizaçao de roteamento e predição de falhas; 9. Elaborar um Relatório final contendo a descrição dos experimentos e resultados; 10. Criação de um grupo de um Núcleo de Excelência em Redes Óticas.

CYCLADES – Desenvolvimento do Módulo de Configuração e Monitoração dos protocolos Síncronos no NL-1000 da Cyclades.

Q
O objetivo geral desse trabalho foi a implementação de um daemon de configuração e monitoração dos protocolos HDLC (High Level Data Control) e Frame Relay no roteador NL1000 da Cyclades. A implementação desse daemon que chamamos SYNCD foi baseada na implementação do PPPD (Point to Point Protocol Daemon).

Projeto TERACOM

Implementação de solução tecnológica para roteadores e switches de alta performance. Esse projeto visa em um primeiro momento a identificação da melhor arquitetura para atender o requisito de performance de no mínimo 125 Mpps (cento e vinte e cinco milhões de pacotes por segundo) de maneira bi-direcional e contínua, visando desta forma o atendimento de 40 Gbps de dados de maneira wire-speed.


Projeto SERGIPE – MCT/CNPq Edital Universal 015/2007

Neste projeto, serão abordados diversos aspectos relacionados à aplicação de redes de sensores sem fio em ambientes de petróleo e gás. Numa primeira etapa, serão levantados os requisitos de sensoreamento remoto deste ambiente. Em seguida, serão estudados, propostos e avaliados mecanismos e protocolos de roteamento para redes de sensores sem fio voltados para o ambiente em questão. Além disso, serão recenseados, estudados e adquiridos dispositivos de sensoreamento para a construção de protótipos baseados em dispositivos disponíveis no mercado, assim como baseados em FPGA (Field-Programmable Gate Arrays). Um dos protótipos permitirá estudar a aplicabilidade de redes de sensores sem fio em águas submarinas através do uso de modems acústicos.. Situação: Em andamento; Natureza: Pesquisa. Alunos envolvidos: Graduação ( 2) / Mestrado acadêmico ( 1) . Integrantes: José Neuman de Souza – Coordenador / José Ferreira Rezende – Integrante / Luci Primez – Integrante / Joaquim Celestino Júnior – Integrante. Financiador(es): Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – Auxílio financeiro.


DIGITEL – Redes IP – Desenvolvimento de protocolos; gerenciamento e estratégia de testes.

Q
Realização de estudos (pesquisa) e o desenvolvimento de protocolos (software) e agentes SNMP, o gerenciamento desses agentes, bem como a realização do plano de testes.